Telefone: 0800-773-9000
E-mail: girassol@girassolinstituto.org.br

 

Obesidade e esclerose múltipla

Crianças obesas, particularmente adolescentes do sexo feminino, estão mais propensas apresentar esclerose múltipla (EM) do que as adolescentes não obesas.

Para o estudo, os pesquisadores compararam o peso e estatura de 75 crianças e adolescentes com EM e o seu possível precursor, uma condição chamada síndrome isolada clinicamente (CIS), com mais de 900,000 sem a doença.

Os resultados sugerem que a epidemia da obesidade infantil pode estar associada ao aumento da morbidade por EM/CIS, particularmente em meninas na adolescência.

Apresentar sobrepeso ou obesidade moderada foi associado com pequeno aumento da chance de EM em meninas adolescentes, entretanto, devido ao número reduzido de participantes, os resultados podem ter sido encontrados por acaso. Mas a obesidade extrema, por outro lado, esteve associada mais claramente, com 3 a 4 vezes maior risco de EM.

O estudo está publicado na revista Neurology.

Fonte: Reuters Health

29.08.2014