Telefone: 0800-773-9000
E-mail: girassol@girassolinstituto.org.br

 

Introdução de alimentos sólidos e crescimento

Lactentes que são alimentação com fórmula infantil e a introdução dos alimentos complementares ocorre antes dos 4 meses de idade tendem a ganhar mais peso no primeiro ano de vida do que os pacientes que iniciam a alimentação complementar mais tardiamente, diz estudo recente. Entretanto, a idade de introdução dos alimentos não pareceu influenciar muito o crescimento em longo prazo. Os pesquisadores avaliaram aproximadamente 700 lactentes europeus, por 2 anos. Os lactentes entre 2,7 e 3,1 kg que iniciaram alimentação com fórmula infantil, receberam alimentos sólidos um pouco após os 3 meses, entre 3 e 4 meses, entre 4 e 5 meses ou após 6 meses ou mais. Os lactentes que iniciaram o consumo de alimentos sólidos aos 3 meses pesavam menos, mas recuperaram o ganho de peso em 6 meses em comparação com aqueles que iniciaram os alimentos sólidos aos 6 meses e ganharam peso lentamente em 3 meses. Aos 2 anos, não houve diferença entre os grupos em relação ao peso ou comprimento. Este estudo se aplica a populações de países industrializados, em que uma grande proporção de crianças recebem a alimentação complementar antes dos 4 meses, não sendo aplicável para países em desenvolvimento. O estudo foi publicado no American Journal of Clinical Nutrition.

Fonte: Yahoo! Health

22.11.2014